Gravidez e Bebés Porquê viajar com as crianças?

O Birras também vai de férias?!

birras 2 anos

Tal como o protetor solar ou o repelente de insetos, há outro item que não falta na bagagem: o Birras.

Cá em casa o Birras é tratado como aquele amigo que nunca avisa que vem almoçar, mas aparece às 13 horas e ainda quer escolher o prato que vamos cozinhar. É portanto, um amigo que gostamos porque o facto de ele existir é sinal que está tudo bem dentro das cabecinhas das crianças. Que o desenvolvimento está, onde deveria estar, mas no fundo almoçávamos muito mais descansados sem ele por aqui.

O pequeno viajante trata o Birras como se o seu aparecimento, não fosse da sua responsabilidade. Como se o Birras fosse alguém.

E de férias? O Birras vem connosco, pois claro. Mas já o conhecemos bem. Aparece quando o André está cansado, com sono ou entediado. E nestes momentos, só não o deixarmos carregar no botão do elevador, é coisa para lhe estragar o dia.

Assim, o mais fácil é antecipar estas 3 situações (cansaço, sono e tédio).

Neste processo das birras achamos que é mais fácil levar tudo com humor, do que fazer um braço de ferro com uma criança de 2 anos que perdeu o controlo. Batalhas desnecessárias são muito cansativas, e no meio de uma viagem a palavra de ordem é: facilitar. Achar um compromisso que nos deixe (pais e filhos) felizes, é o objetivo principal.

Já lemos alguma coisa sobre os terrible twos, compreender a fase é essencial, mas em cada casa, cada um usa aquilo que melhor resulta. Ou, que mais rápido resulta.

Nas viagens o cansaço é o melhor amigo do Birras.

O mais simples para tentar contornar isto, é durante a organização do passeio, ir tomando decisões que protejam a criança do amigo Birras.

Algumas ajudas:

Escolher voos de menor duração e com horários que não interrompam o seu sono normal (por exemplo voos ás 05 horas da manhã), pois assim, é certo que o Birras vem á velocidade da luz. Em viagens de carro, fazer várias paragens para esticar as pernas e desanuviar o ambiente de tédio.

Ter tempo extra. Os miúdos querem explorar e não têm noção de horários, e depois têm xixi, e daqui a 10 minutos têm fome. Mais vale não andar á pressa.

Ter sempre uma lancheira com algo que a criança goste muito. Porque a fome vai chegar, quando menos esperarmos e assim fica logo satisfeito, e o Birras volta para trás.

Ter um tablet infantil com jogos para a sua idade, á mão. É mais fácil do que bloco e lápis de colorir espalhados por todo lado. Vai mante-lo distraído por exemplo numa fila, onde não dá muito jeito tê-lo ao colo, ou a jogar á bola.

Reservar a estadia antecipadamente. Viajar sem alojamento marcado, não é compatível com o Birras. Chegar ao local e ter um miúdo aos berros no banco de trás do carro, com fome e sono, e ter de palmilhar ruas á procura de hotel, não é muito agradável.

Ter roupas adequadas ao clima. Se vão para a neve, por exemplo, não há desculpa para não ter umas boas luvas e botas que o protejam bem do frio, e consequentemente, do aparecimento do Birras. Desde lojas em segunda-mão, a amigos, arranja-se sempre material.

Oferecer-lhes uma máquina fotográfica. De criança, claro, mas que tire mesmo fotografias. Eles adoram ver e não se sentem excluídos neste processo de registar os bons momentos. Até vão passar a colaborar mais nas suas próprias fotos.

Usar os transportes que não conhecem. Normalmente só andam de carro, autocarro e pouco mais. Tentem incluir passeios de bicicleta, tuc-tuc, comboio, barco, etc. Ajuda imenso a manter o tédio longe.

Ter paracetamol sempre á mão. Cansaço, sol, viagens, jet-lag… dá desconforto e dor de cabeça. Não há necessidade da criança estar em sofrimento.

O que interessa mesmo é manter o Birras fechado na bagagem, para que a viagem decorra o mais tranquila possível.

Bons Passeios!

Vai gostar de ler:

Gravidez, viagens e preocupações!

Porque viajar com as crianças? Não se vão lembrar de nada!

Viajar sozinho com uma crianças – Dicas

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)