Em familia

Trabalho por turnos é compatível com passeios em família? 6 Dicas

Neste momento não trabalhamos por turnos. Mas já o fizemos durante 13 anos. Com a mãe Duarte de baixa prolongada, foi necessário o pai Duarte mudar de emprego e passar a ter um horário laboral “normal”: segunda a sexta, das 09 às 18 horas. Depois, por motivo de saúde, também a mãe Duarte começou a fazer um horário “normal”.

A realidade é que a vida familiar fica mais fácil. As rotinas. O sono e o cansaço, principalmente, ficam mais leves.

Quem trabalha por turnos está mais cansado. Nunca duvidem disso.

Este fim-de-semana tivemos de trabalhar. Tínhamos planos de passeio, que desfizemos. Mas todo dia, na nossa cabeça estavam milhares de pessoas que trabalham por turnos e aos fins-de-semana, e como isso dificulta bastante a organização de passeios em família.

Se os miúdos são pequenos, não faz mal faltar ao infantário um ou dois dias durante a semana, para poderem fazer um passeio. Mas, se já são maiores, não podem faltar á escola todas as semanas.

São os pais que cedem, no descanso principalmente, para proporcionar uns momentos em família às crianças. Sem autocomiseração ou sofrimento, bebem um café extra e põem mãos á obra. Conhecemos muitos que o fazem. Pais que não se deixam desanimar,  que trabalham de noite ou de madrugada para (e sem dormir) sábado manhã cedo pegar numas lancheiras ou sacos e porem-se a caminho, por exemplo de uma praia.

São momentos felizes, sem preço. Quem o faz, sabe que as crianças precisam destes bocadinhos sem regras, para encarar a semana que se avizinha.

A maternidade vem sempre com culpas, e a falta de tempo é uma delas. Para os pais que trabalham por turnos, ainda é mais complicado. Tanto se ouve falar nestes dias de burnout de milhares de enfermeiros, cansados emocionalmente, deprimidos e ansiosos. A eles juntam-se médicos, funcionários aeroportuários, de hotelaria e de muitos serviços turísticos, etc.

29% da população ativa trabalha por turnos, no entanto, o sistema não está adaptado. Por exemplo, as crianças não podem ir para os infantários apenas de tarde, e passar a manhã com os pais. É necessário recorrer a amas ou familiares aos fins-de-semana. Muitos pais ficam com os miúdos de manhã e á tarde revezam-se, e assim ficam os casais, vários dias sem se cruzar.

Com o biorritmo às avessas, aqui ficam 6 dicas para ajudar nos turnos e nos dias de passeios em família:

Melhor alimentação

O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia porque ajuda a sua mente e seu corpo a acordar, colaborando na produtividade ao longo do dia. Se dorme durante o dia e trabalha em turnos de “padaria”, pode usar esta tática: comer uma refeição saudável quando acorda, pois irá ajudar a preparar-se para uma noite de trabalho. Arranje tempo para se sentar calmamente, comer algo nutritivo e ficar saciado, antes de começar a trabalhar á tarde ou á noite.

Dormir melhor

Não ver televisão, usar o laptop ou smartphone antes de ir para a cama (de dia ou de noite). Várias pesquisas mostram que essas atividades e a luz emitida por alguns dispositivos, impossibilitam o relaxamento, o que torna mais difícil conseguir um bom descanso.

Parar

Em alguns trabalhos é impossível fazer um intervalo. Mas naqueles em que for possível, a cada 2 horas faça uma pausa de 5 minutos. Sente-se e beba água. Ou para quem está sentado, levante e circule uns momentos para esticar as pernas e alongar as costas.

Olhe para uma janela. Assim, muda o foco e voltará mais produtivo.

Iluminação certa

Trabalhar á noite e num ambiente de pouca luz, só contribuirá para ter mais sono. Tenha muita luz, quando trabalhar de noite ou madrugada.

Privação de sono é um tipo de tortura, e não é á toa. É mesmo doloroso. E trabalhar assim ainda mais.

Nunca se aperceberam de quão difícil é para os tripulantes de voo estarem acordados, depois de um voo noturno em que o avião está a descer para a pista e as luzes da cabine estão desligadas? É o ritmo circadiano a querer apoderar-se do corpo á força.

Mantenha-se longe de bebidas energéticas ou cafeína

A cafeína e as bebidas energéticas podem parecer uma boa ideia para ajudar a ficar acordado quando se trabalha até tarde, mas na verdade pode sair o tiro pela culatra. Embora possam ser boas em algumas circunstâncias, podem arruinar a sua produtividade. Este conceito aplica-se com doces, ou chocolate. São saborosos e podem  dar uma lufada de energia, mas é energia que não vai durar muito. Snacks destes não são muito nutritivos e não vão ajudar a longo prazo. No entanto, comer o tipo certo de lanches durante seu turno vai manter o açúcar no sangue em níveis ideais, dando mais energia e ajudando a ficar acordado. Opte por lanches saudáveis, como nozes, frutas e sementes que não vão provocar insónias mais tarde e são melhores para sua saúde no geral.

Peça ajuda à família e amigos

Se não consegue de forma nenhuma passar um dia inteiro com os seus filhos, peça ajuda dos avós, familiares próximos ou amigos. A interação e atenção que as crianças terão, será também bastante positiva, e no que toca a mudar de ambiente faz o papel completo. Prepare as férias com eles, para que sintam que os momentos em família virão.

As crianças estão habituadas, têm uma capacidade enorme de adaptação e sentem-se felizes, qualquer que seja a atividade proporcionada.

Bons Passeios!

 

Escrito por

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)