No avião

Voos com Crianças – Guia de sobrevivência para pais

Ontem tínhamos um pedido de ajuda para uma viagem de uma amiga. Esta amiga vai viajar sozinha com 2 crianças: uma de 2 anos e meio e outra de 1 ano e meio, num voo de 3 horas sem IFE (in-flight entertainment, o sistema de filmes, rádio, jogos, etc), com um no colo e outro sentado ao lado.
Até nós trememos.
O voo é perto da hora do jantar, o que ajuda ao sono. Mas também é uma hora em que mãe e filhos já estão cansados. A mãe está mesmo muito cansada, pois já fez malas, carregou malas e crianças para o autocarro e do autocarro para o aeroporto. Mais o Raio-X e o embarque. Um ao colo, outro na mão. Carrinho? Se levar, é um daqueles duplos de gémeos que pesam uma tonelada. Ufa…
Dois irmãos cansados, não se entretêm. Discutem e lutam pelo mesmo colo.
O primeiro conselho será: não dar doces no desespero de os distrair numa birra. Troquem o pacote de gomas por um pacote de balões por encher, a eficácia é a mesma.
O melhor é preparar-se logo psicologicamente, pois eles podem não estar o tempo todo a dormir. E se não estão a dormir ou a comer, é melhor ocupar todos os minutos restantes. Eles não ficam sentados numa cadeira a pensar na vida.
A ideia é entreter, sem ter de carregar muitas coisas.
Voo Turkish Airlines

10 formas comprovadas, por nós, para entreter as crianças num avião:

– Um tablet com os desenhos animados que gostam muito.
– Plasticina. Num saquinho ou caixa, não ocupa quase espaço e não pesa muito.
– Livros de autocolantes. Muitos autocolantes.
– Origami infantil. Há à venda na Fnac e é bem barato. Fazem os animais, colam os olhos e ainda brincam.
-O livro preferido. Sabemos muito bem, que podem ouvir a mesma história 125 vezes.
– Jogos de palavras. Para crianças pequenas funciona bem listas de coisas que conheçam, por exemplo: “Diz nomes de frutas”, ou “Que brinquedos estão no teu cesto?”.
– Ver fotografias deles próprios. Hoje em dia não imprimimos tantas fotos como antigamente e temos muitas no computador. O computador não dá muito jeito no avião com um bebé no colo. Mas temos muitas fotos nos telemóveis também. Ou podemos imprimir umas quantas e levar, não ocupa muito espaço.
-Livro de colorir e mini canetas. Não precisa de levar as cores todas, duas ou três chegam. Há até lápis de colorir que são triangulares e não rolam nas mesas.
– Fantoches para os dedos das mãos. Há no IKEA.
– Fazer desenhos em Post-its e colar no banco da frente.
Há quem tenha muita paciência e não se importa de carregar este mundo e o outro. Mas esses, não somos nós. Puzzles, fazer colares com fio dentário e cereais Cherrios redondos, quadros de íman com o abecedário, são ideias boas, mas simplesmente não dão jeito num avião. Ao mínimo solavanco, vai tudo parar ao chão espalhado-se por todo lado. Eles começam a querer sair do lugar para apanhar as peças debaixo do banco da frente, ou muito pior: desatam a chorar.
Bons passeios!

Escrito por

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)