Algarve em pegadas pequenas

Não quero férias no Algarve!

algarve férias baratas

(Pego do Inferno-Tavira)

Em época de férias, tudo o que chega “casa a dentro” pelas redes sociais são fotos de praias, de cocktails, festas, mergulhos, bronzeados e caras sorridentes de quem está a descansar de um ano inteiro de trabalho.
Para quem não pode ter férias nesta época, o verão é bom porque terminado o dia, ainda há disposição para um passeio à luz da lua ou um mergulho à hora do jantar.
Quando todos rumam às praias quentes do Algarve, quem cá mora quer fugir. Mas não pode.
O Algarve torna-se num lugar onde proliferam as caras felizes, mas também as filas. Está tudo mais caro e confuso. Até o supermercado Continente deixou o Algarve fora do folheto das promoções em Agosto!
Há pessoas que reagem aos turistas como o meu filho de 3 anos, que não gosta quando um amiguinho lhe mexe num brinquedo. É difícil partilhar aquilo que pensamos que é nosso. Mas, num piscar de olhos têm as praias, restaurantes e centros comerciais só para si outra vez.

O verão infelizmente passa muito rápido.
Há que aproveitar para “emprestar” este cantinho de noites de 30 graus, praias brancas e água quente.
O Algarve está lotado, mas isso é um motivo de orgulho. Há que aproveitar e ser imaginativo.
Há imensas atividades que se podem fazer fora das praias e longe das multidões.

Aqui ficam algumas ideias:

Passeios pedestres.

Fora das horas do calor intenso, com as crianças pequenas numa mochila, água e uns snacks. Não há como não ficar maravilhado com as paisagens. Ver aqui e aqui.

Picnics – Pego do Inferno,  Alte, Alcoutim, Castro Marim , são zonas verdes com muitas sombras e rio.

Optar por turismo rural ou pousadas no interior.

Trocar o carro pela bicicleta.

Muitas praias já foram adaptadas para este efeito, por ex: Ilha de Faro, praia do Barril ou a praia da Quinta do Lago. Se tiver um bebé pequeno, pode ir na cadeirinha, se as crianças são maiores, podem fazer o percurso sozinhas, pois não são percursos longos.

viajar com crianças
Quinta do Lago

Fazer passeios de barco.

Cresceu em todo o Algarve, nos últimos anos, a oferta de passeios e transporte para as ilhas. Sejam as visitas às grutas no barlavento algarvio (Lagos, Carvoeiro, Benagil, etc) ou, o  turismo de natureza nas ilhas barreira da Ria Formosa.

Ultrapassa o stress de conseguir um lugar para estacionar o carro e as crianças adoram andar de barco.

Santa Luzia

Levar os miúdos a conhecer uma fábrica da cortiça, ou ver como se faz o azeite artesanalmente.

Apanha azeitona Moncarapacho. Fonte: Vasco Celios

 

Bons passeios!

Vai gostar de ler:

Aquashow Algarve

Acampar é dormir com um mini pá na cara

 

Escrito por

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)