No avião

Viajar de avião sozinho/a com uma criança

viajar sozinho com bebé

Por razões de saúde ou por incompatibilidade de férias, ambos viajámos de avião com o pequeno turista, sozinhos. Uma viagem foi curta, mas outra foram mais de 16horas com ligações e várias horas de espera num aeroporto. Não é fácil. Aqui fica alguma informação que pode ajudar quem vai viajar sozinho com uma criança pequena:

Viajar o mais leve possível. Mesmo que alguém ajude a levar as malas até ao check-in. No destino terão de carregar tudo sozinhos nesta ordem:

1- na chegada de bagagem têm que retirar do tapete para o carrinho do aeroporto (lembrar que as malas vêm por um sítio e carrinhos e outras coisas vêm por outro lado).

2-vão para a fila dos passaportes, com o carrinho de bagagem + criança pela mão ou num marsúpio. Não se consegue empurrar um carro de bagagem e um carrinho de criança ao mesmo tempo.

3-muitos aeroportos têm Raio-X depois do controle de passaportes, ou seja, temos de retirar tudo do carrinho, colocar no raio-X e recolher no outro lado.  Aqui muitas vezes as crianças pequenas têm prioridade, mas ninguém faz o trabalho pesado. Fazemos nós, ao mesmo tempo que olhamos pela criança.

viajar com criança
Isto dá muito jeito

4-quando finalmente estamos nas Chegadas, quem tem alguém à espera, suspira de alívio. Quem não tem, prossegue com a odisseia: carrega malas no táxi/transfer/autocarro e volta a recolher quando chega ao destino.

Idas ao WC. Não existe: “Fica tu com ele enquanto vou ao WC”. Vão connosco e tentamos despachar o assunto em segundos, para que parem de mexer em tudo o que podem, sentar-se no chão, etc. No avião, vimo-nos obrigados a pedir ao tripulante da TAP para cuidar dele dois minutos, porque estava a dormir e não queríamos deixar sozinho no escuro. Se estiver acordado vai para o WC minúsculo connosco e o melhor é senta-lo no lavatório para que fique mais ou menos imóvel.

Durante o voo. Temos a sorte do A. dormir nos voos. Mas, muitas vezes ocupa 2 lugares. Se formos sozinhos, ficamos de pé. O melhor é arranjar uma Bedbox ou um Plane Pal, sendo que a segunda hipótese é insuflável e bem mais leve.

viagem com bebé
Bedbox
viajar com crianças
Plane Pal

Dica: se viajar sozinho, pergunte logo aos tripulantes se existem filas vazias e troque de lugar. Se o fizer no check-in, provavelmente irá ser cobrada uma taxa.

Em trânsito no aeroporto. Um marsúpio, uma mochila e nada mais. Muitos aeroportos têm carrinhos de criança à disposição. E com os Raio-X, é melhor levar o mínimo de coisas.

Roupa. A roupa só se torna um problema quando deixa de ser pratica. Cintos, botas de cano alto, adereços metálicos, tudo é retirado nos Raio-X, lembre-se disso. Pense na sua roupa e na da criança. Despe e veste na hora do stress, é chato. Dentro do avião igual, quanto mais prático e rápido for de vestir e calçar, melhor. Terá de vestir/colocar/abotoar/atar, a si e ao pequeno viajante.

Extra Dicas:

  • Escolher um voo num horário noturno.
  • Pedir lugares extra no avião, se possível.
  • Levar marsúpio/mochila/pano, em vez do carrinho.
  • Não ter vergonha de pedir ajuda. aos tripulantes, taxistas, etc.
  • Se tiver opção, a Gulf Air e a Ethiad, têm amas a bordo. O serviço é grátis. Entretém e cuidam do seu filho junto a si, para poder descansar durante o voo. Ajudam no embarque e também no desembarque.
  • Leve apenas 1 peça de mão.

Bons passeios!

Vai gostar de ler:

Como evitar birras no avião

Amamentar no avião

Não se deve ir de viagem sem estes 5 artigos para crianças

Lista – O que levar na mala do bebé

 

 

Escrito por

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)