Dicas & Organização

Cartão Europeu de Seguro de Doença – 10 pontos essenciais

cartão europeu de seguro de doença

Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD)

10 pontos essenciais:

1 – O cartão pode ser utilizado num dos 28 Estados-Membro da União Europeia e na Islândia, Liechtenstein e Suíça.

2 – Permite ter toda a assistência médica nos serviços públicos do país que visita, nos mesmos moldes que teria em Portugal, ou seja pode necessitar de pagamento de taxas moderadoras que também são cobradas aos cidadãos desse país. Ou pagamento integral das despesas, como é o caso da Suíça e requerer posteriormente o reembolso das despesas.

3- É gratuito.

4- Não é uma alternativa a um Seguro de Viagem. Este cartão não cobre cuidados de saúde obtido em serviços privados, custos de viagem de regresso ou indeminizações por bens perdidos ou roubados.

5- Qualquer cidadão abrangido pelo regime de Segurança Social, ou utentes do serviço nacional de saúde, podem requerer este cartão. Assim como os seus familiares.

6- Pode ser pedido na Internet, na Segurança Social ou na Loja do Cidadão. O CESD vai por correio para a morada.

7- Validade: 3 anos. Para renovar o procedimento é igual ao requerimento inicial.

8- Se perder o CESD, é obrigado a comunicar à Segurança Social com máxima urgência.

9- Se esquecer de fazer o CESD atempadamente, ou perder o seu, ficará com um Certificado Provisório de Substituição, que garante os mesmos direitos.

10- Em caso de gravidez ou parto durante a viagem, todos os tratamentos ficam cobertos.

Nós já usamos o CESD uma vez em Londres no The Royal London Hospital, em Whitechapel. Não foi necessário pagar taxas e ainda levantámos a medicação na farmácia, gratuitamente.

Caso pretenda viajar dentro da Europa, deve sempre requerer este cartão juntamente com o Seguro de Viagem. Numa emergência, pode ir parar a um qualquer serviço de saúde, privado ou não. As crianças adoeçem rapidamente, e muitas vezes não é mais do que uma pequena febre, mas nós pais ficamos mais descansados se um médico olhar para o bebé/criança e nos confirmar que é só isso mesmo.

O cartão europeu de seguro de doença, tal como o seguro de viagem, os voos, os hoteis, a bagagem, etc, é um item a acrescentar na nossa checklist de viagem.

Bons Passeios!

Vai gostar de ler:

Como fazer o Registo do Viajante em 3 minutos

2 passos para regressar ao trabalho sem depressão pós-férias

10 erros que nos fazem comprar bilhetes de avião mais caros

Escrito por

2 Comments

  1. Interessante!! Sabia da existência deste cartão mas era mesmo só isso… nem como se pedia, nem como se podia utilizar!! Boas dicas 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostou do blog? Partilhe :)