Algarve em pegadas pequenas

Picnic no Cerro da Cabeça

Um dia luminoso, feriado, e vontade de fazer uma atividade que não envolvesse a bicicleta, trotinete, skate, e outros brinquedos. Há dias, o pequeno pedia: “Quero fazer um picnic como o Ruca mamã!”. Ok, hoje é o dia.

O feriado de dia 01 de Maio, no Algarve é conhecido por muitas pessoas fazerem picnics no campo, e todos os parques de picnics estariam cheios de gente. Não queríamos isso. A opção foi, o Cerro da Cabeça.

Para quem, não conhece é a zona de relevo mais oriental da Serra de Monte Figo. Serra esta, que também aloja o famoso Cerro de S. Miguel.

O Cerro da Cabeça é formado exclusivamente por rochas do Jurássico Superior, onde a água da chuva esculpiu um conjunto de fendas onde cresce a vegetação. Este local foi, em 2000, integrado na Lista de Sítios da rede Natura. É, também, um local conhecido por Espeleologia (exploração de grutas e cavernas), com mais de 30 cavernas inventariadas.

O melhor deste cerro é o miradouro. A vista é es-pec-ta-cu-lar.

Colocámos alguma comida num saco, toalha e manta de picnic na mochila. Põe o calçado de montanha e lá vamos nós.

O carro fica estacionado, a mais ou menos, 500 metros do miradouro. O terreno é a subir, mas a inclinação não é muito acentuada. O pequeno caminhante, tem 2 anos e 9 meses, e fez o percurso quase todo pelo próprio pé, ao ritmo dele, distraído com as borboletas, as pedras, as flores, lá foi andando.

Já mais perto do miradouro, começam as escadas. Aqui já pediu, “cavalitas” porque os degraus são altos.

Final do trilho do miradouro

Ao chegar ao miradouro, é obrigatório parar para observar esta vista. Num dia de boa visibilidade, vê-se toda a linha de costa.

Vista do Cerro da Cabeça

Escolhemos uma árvore com sombra e por ali ficámos a almoçar, brincar e tirar fotografias.

Picnic
Escada de acesso ao miradouro do Cerro da Cabeça

É realmente um local lindissimo, com poucos visitantes e bom acesso.

Como lá chegar: A partir de Olhão e seguindo pela EN398 na direção de Quelfes e Moncarapacho. Em Moncarapacho, sair da localidade por leste, seguindo pela R. João Galvão e virando á esquerda em direção ao cerro que se avista a nordeste da povoação. Após 2km, virar á esquerda e estacionar aí.

Custo desta atividade: Zero.

Benefícios: ar puro, caminhada, observação da natureza, bom para fotografia e 3 horas de sesta do pequeno caminhante.

Vista das Ilhas Barreira

Bons passeios!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *