Porquê viajar com as crianças?

Oferecer férias às crianças em vez de brinquedos desenvolve o cérebro

viajar com criança

Oferecer férias às crianças em vez de brinquedos conduz a um grande desenvolvimento do cérebro – dizem os especialistas.

Férias impulsionam o desenvolvimento do cérebro infantil

Se são um dos muitos pais que lutam para conter o fluxo de brinquedos indesejados na vossa casa, aqui estão algumas boas notícias. Vários especialistas sugerem que presentear férias e experiências com crianças em vez de brinquedos pode aumentar o desenvolvimento do cérebro.

viajar com crianças

Num artigo para o Telegraph, a psicoterapeuta infantil Dra. Margot Sunderland defende que as férias são um investimento no desenvolvimento cerebral do seu filho. Ela escreveu: “Isso ocorre porque, nas férias em família, estão a exercitar dois sistemas nas profundezas da área límbica do cérebro, que podem facilmente ser não exercitados em casa. Estes são o sistema PLAY e o sistema SEEKING.”

Sunderland citou o trabalho do professor Jaak Panksepp, um neurocientista líder mundial na Universidade Estadual de Washington. Panksepp foi quem descobriu os sistemas PLAY e SEEKING.

De acordo com a médica “o sistema PLAY do cérebro é exercitado em atividades como enterrar os pés de um filho na areia, fazer cócegas ou leva-lo a passear às cavalitas. O sistema de SEEKING do cérebro é exercitado quando exploram juntos: a floresta, a praia, ou uma atração numa vila”

Exercitar os sistemas PLAY e SEEKING do seu filho leva ao crescimento do lobo frontal. Essa parte do cérebro lida com o funcionamento cognitivo, resolução de problemas, expressão emocional, memória, linguagem e julgamento. E quanto mais usamos esses sistemas, mais fortes eles se tornam.

Quando levam um filho de férias, ele tem a oportunidade de explorar um novo lugar. Isso ativa o sistema SEEKING. E remover a vossa família das rotinas diárias, possivelmente cheias de stress, leva a explorarem estes sistemas juntos.

Bem-Estar e Felicidade Familiar

Além do desenvolvimento cerebral do seu filho, exercitar seus sistemas PLAY e SEEKING durante férias em família também contribui para a felicidade e o bem-estar gerais. Quando ativamos esses sistemas em nosso cérebro, neuro-químicos, como dopamina, ocitocina e opioides, são libertados. Esses neuro-químicos apoiam sentimentos de proximidade nos relacionamentos, aliviam o stress e ajudam-no a sentir que tudo está bem.

viajar com criança

 

Um estudo de 2017 sugere que o tempo juntos é o que faz as pessoas se sentirem mais amadas. O estudo publicado no The Journal of Social and Personal Relationships envolveu um estudo com 495 homens e mulheres, entre 18 e 93 anos, para avaliar o que faz as pessoas se sentirem amadas.

A Dra. Zita Oravecz, uma das pesquisadoras, disse : “Nossa pesquisa descobriu que micro-momentos de positividade, como uma palavra gentil, abraçar uma criança ou receber compaixão fazem as pessoas se sentirem mais amadas”.

As férias em família oferecem amplas oportunidades para essas iterações porque a família é removida das distracções e responsabilidades da vida quotidiana. 

Portanto, para o próximo aniversário ou Natal, em vez de comprar brinquedos, considerem gastar esse dinheiro em férias com a família. Podem até solicitar que por exemplo avós, contribuam para o vosso mealheiro de férias, em vez de comprarem um brinquedo. As lembranças do tempo especial que passam em família duram muito mais do que o interesse do vosso filho no próximo brinquedo que ele receber.

Bons passeios!

Nota: este artigo é uma adaptação do original em inglês que podem ler aqui: Giving Children Vacations Instead of Toys Can Lead to Advanced Brain Development, Experts Suggest

criança a viajar
Viajar com crianças NUNCA é uma perda de tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.