Seguro de Viagem

Seguro de Viagem – Porque deve fazer sempre o melhor?


O Seguro de Viagem não deve ser apenas feito para as crianças, mas sim para toda a famíliaSEMPRE.

 

Na nossa vida de viajantes nem sempre fizemos Seguros de Viagem, e tal como muitas pessoas, pensávamos ser uma coisa que nos fazia acrescentar custos a um passeio, e a ideia errada de que se algo acontecesse o seguro não servia para nada, e seria de tal ordem a burocracia que mais valia ter o dinheiro no bolso. A falta de confiança nas empresas que vendem seguros também tinha influência, pois erradamente, associamos a questão do telemarketing às empresas e depois achamos que vêm mais uma vez tentar vender qualquer coisa na base da persistência.

A primeira vez que fizemos um seguro de viagem foi quando planeamos um mês na Ásia. Envolvia andar muito de mota e desportos, e não queríamos ficar com as férias estragadas se alguma coisa acontecesse. E se acontecesse sabíamos que os hospitais públicos tinham poucas condições, quando comparados com hospitais públicos em Portugal, queríamos ser atendidos rapidamente e com confiança.

De seguida, uma amiga ficou doente em Nova Iorque, e se não fosse o seguro de viagem, a conta seria de vários (muitos) milhares de Euros, pelos exames e internamento.

 


Depois nasceu o pequeno viajante, e aqui a viragem de opinião foi completa. NINGUÉM quer ir para um hospital com uma criança.

 

Muito menos para um hospital sem boas condições, ou centro de saúde numa localidade menor de um país pobre.

NINGUÉM quer ficar doente e ficar impossibilitado de cuidar do seu bebé.

Desde então, fazemos sempre um Seguro de Viagem. Incluímos no orçamento como parte da viagem.

Queremos ir com a certeza de que no bolso temos um número de telefone, e se alguma coisa nos acontecer, alguém no outro lado da linha vai ajudar-nos prontamente, na nossa língua, e calmamente tratar de tudo o que for necessário.

Escolher um seguro pode não ser a parte mais excitante de programar uma viagem mas é, sem duvida,  a mais importante.

Os seguros de viagem cobrem uma série de eventos que nós não podemos controlar. E em último caso, podem poupar-nos de despesas gigantes.

seguros de viagem porquê


Porquê fazer um Seguro de Viagem?

 

Viajar pode ser o embarque mais educacional e inspirador das nossas crianças, mas passar umas férias com uma criança fechada no hotel doente, pode ser aterrador. Com um seguro contratado, não haverá esse stress.


As crianças (ou nós) podem adoecer antes da viagem, e podemos ter de cancelar tudo. Assim não perdemos o dinheiro que já gastamos na viagem: voos, alojamento, etc.


– Uma evacuação de emergência pode custar por exemplo nos EUA, mais 100.000$. Quem tem esta quantia disponível em minutos?


– Mesmo que um voo atrase, cancele ou mude de horário, está coberto pelo seguro quaisquer despesas ou disrupções causadas.


– Se perdermos os nossos objectos pessoais, vamos ter como os substituir. Embora este seja o maior motivo para as pessoas comprarem os seguros de viagem, é o que consideramos de menor importância, pois objectos são substituídos mas a saúde, não.


– Se necessitar regressar por doença ou morte de um familiar, o seguro cobre as despesas da antecipação da vigem, voo etc.


Não são só para quem vai fazer mergulho com os tubarões ou alpinismo nos Himalaias, são para todos os viajantes. Um comboio ou autocarro pode atrasar e fazer-nos perder o voo, não é uma coisa comum? Ou perder o passaporte e ter de ficar 1 semana à espera em Africa? O seguro cobre as despesas com o prolongamento das estadias.


– A cobertura dura até colocarmos os pés em casa, ou seja inclui o percurso do aeroporto até à nossa habitação.


– Comprar um seguro de viagem, é comprar paz de espírito. É comprar a forma de ter meios para ser tratado em condições e poder voltar para casa sem pânicos. Só por isso já vale todos os euros.

 

seguro de viagem porquê

 

Estes são apenas alguns exemplos. Cada seguro é diferente e devemos ter o cuidado de ler tudo com cuidado. Afinal, trata-se de um contrato e deve ser bem entendido.

A IATI é especializada em seguros para viajantes independentes, tratando de tudo para nos sentirmos seguros e confiantes a organizar a viagem.

 


Quando fazer o Seguro de Viagem?


Embora possam ser feitos online horas antes da viagem e ficam logo ativos. Devem ser feitos ANTES da compra ou reserva das viagens (alojamento, voo, transferes, aluguer de carro, etc).


Como fazer um Seguro de Viagem IATI?

 

Muitos cartões de crédito têm seguros, mas são um pouco limitados, não estão adaptados a cada destino, e é obrigatório comprar toda a viagem com eles. E ainda podem ter obrigatoriedade de notificar o banco das datas das viagens, morada, e outros dados. 

Fazer o Seguro IATI:

  • Ir ao Website e ver qual o seguro que melhor se adapta à nossa viagem: Aqui 
  • Introduzir os detalhes para obter um orçamento: datas, nº de viajantes, destino e o seguro escolhido: Aqui

É tão simples quanto: ler tudo online, escolher o seguro que se adapta melhor às actividades planeadas, pagar e receber toda a documentação no e-mail.

Nós contratamos o Seguro de Viagem Premium da IATI Seguros. Confiamos neles, os preços são justos, respondem rapidamente a qualquer dúvida, e têm boas criticas de pessoas que realmente já precisaram numa grande aflição.


Clica aqui para um desconto de 5% no Seguro de Viagem IATI

seguros de viagem porquê

 

Quando em Moçambique o mini-viajante ficou doente, estar a 3 horas do hospital mais próximo foi horrível, mas ter a certeza de ter comprado o melhor seguro possível, deu-nos muita tranquilidade. Foi sem medo de não ter dinheiro para pagar, que dissemos: Vamos ao melhor hospital de Maputo.

Quando viajamos dentro da Europa, a questão da saúde fica protegida pelo cartão europeu de saúde, mas tudo o resto não. Um Seguro de Viagem é indispensável, apenas temos de escolher o que mais se adapta ao nosso estilo de viagem: standard, básico, mochileiro, estrela, multi-viagens.

Bons Passeios!!

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *